quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Rally dos Sertões 2011

Campeão dos quadris revela desejo de correr com filha. 

Por Andrei Spinassé - site webventure

O campeão da categoria quadriciclo do Rally dos Sertões de 2011, Tom Rosa, já vislumbra correr ao lado da filha daqui a alguns anos. O cearense voltou para casa nesta sexta-feira, dia em que carimbou o título da prova, da qual participou pela segunda vez. Ele superou os adversários mesmo com uma lesão na mão esquerda que carregou desde o terceiro dia de competição.

Rosa, de 46 anos, começou a correr de quadriciclo faz 11 anos. “No início era só uma brincadeira”, disse o piloto, que “brincava” nas dunas cearenses.

Mas ele decidiu competir para valer e desde o início ganhou provas como o Rally Cerapió, o Rota Maranhão, o RN 1500. No ano passado, estreou no Rally dos Sertões, foi o vencedor entre os quadris 450 e agora, com uma equipe totalmente dedicada a ele, tornou-se campeão geral da modalidade.

Rosa afirmou ter se preparado adequadamente para este ano e usado a cabeça durante a disputa. “Eu tinha uma máquina boa [Yamaha 700] e me preparei: fui à academia, emagreci um pouco. Você tem de diminuir a bebida, a farra, para que você se concentre no que você quer fazer”, declarou.

“Não basta a pessoa chegar e ir acelerando. Você tem de cuidar de radares e se controlar para chegar bem. A navegação também é importante para que você tenha uma vantagem boa em relação aos seus adversários.”

O campeão tem uma filha de 16 anos que também acelera. “Ela também anda de quadri. Se depois de completar 18 anos ela quiser fazer um Rally dos Sertões, correrei junto com ela. Depende da vontade dela”, afirmou o cearense, que concluiu a prova em Caucaia, cidade vizinha à sua Fortaleza, nesta sexta-feira, e teve a companhia da família na cerimônia da chegada promocional. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário