quarta-feira, 2 de março de 2011

CBM tem prestação de contas reprovada em Assembleia Geral Ordinária

A prestação de contas financeiras da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) em 2010 foi reprovada durante a Assembleia Geral Ordinária realizada em Caldas Novas, Goiás, na última semana. Com 15 votos contra e nove a favor, os presidentes das federações estaduais de motociclismo determinaram que o relatório apresentado pelo Conselho Fiscal da entidade era insuficiente ao discriminar a movimentação financeira da CBM neste período. 

– Não havia capacidade técnica para se aprovar as contas da CBM por falta de documentos fiscais – declara Firmo Henrique Alves, presidente da Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul (FEMEMS), que votou pela reprovação da prestação de contas. 

Paulo Della Flora, presidente da Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM), tem outra opinião.

– Foi solicitado um boletim diário de notas fiscais por parte de um grupo de oposição da atual presidência da CBM. Na verdade, não há desconfiança em relação aos valores apresentados no relatório do Conselho Fiscal – disse Della Flora, que votou pela aprovação.

Com a participação de 24 das 25 federações existentes no país, a reunião marcou a história do motociclismo brasileiro ao apresentar o maior quorum – número indispensável para o funcionamento legal de uma assembleia. Somente a Federação Paraibana de Motociclismo esteve ausente.
 
Reprovaram
Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul (FEMEMS)
Federação Mato-grossense de Motociclismo (FMMT)
Federação de Motociclismo do Acre (FEMAC)
Federação Paraense de Motociclismo (FEPAM)
Federação de Motociclismo do Amazonas (FEMOAM)
Federação de Motociclismo do Maranhão (FEMMA)
Federação de Motociclismo do Ceará (FMCE)
Federação de Motociclismo do Rio Grande do Norte (FEMORN)
Federação Sergipana de Motociclismo (FSM)
Federação Baiana de Motociclismo (FBM)
Federação de Motociclismo do Distrito Federal (FMDF)
Federação de Motociclismo de Rondônia (FMR)
Federação de Motociclismo de Minas Gerais (FMEMG)
Federação Paranaense de Motociclismo (FPRM)
Federação Catarinense de Motociclismo (FCM)

Aprovaram
Federação Pernambucana de Motociclismo (FEPEM)
Federação de Motociclismo do Piauí (FMP)
Federação Alagoana de Motociclismo (FAM)
Federação Capixaba de Motociclismo (FECAM)
Federação de Motociclismo do Rio de Janeiro (FEMERJ)
Federação Paulista de Motociclismo (FPM)
Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM)
Federação de Motociclismo de Goiás (FMG)
Federação de Motociclismo do Tocantins (FMT)

Amapá e Roraima não possuem federações de motociclismo
 
Fonte: Elton Souza / www.brmx.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário