terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Assembléia histórica da CBM dá pontapé inicial para a temporada 2010

(CBM, 09/02) – Com a presença de representantes de 21 das 25 federações filiadas, aconteceu no dia 5 de fevereiro, em Porto Seguro, na Bahia, a Assembléia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Na reunião, que durou cerca de 16 horas, os dirigentes discutiram diversas propostas, definiram calendários, criaram novas categorias, firmaram parcerias e também confirmaram seu apoio à entidade pelo desenvolvimento do motociclismo de competição no Brasil.
- Foi, sem dúvida, uma assembléia histórica. Não apenas pela quantidade de participantes, mas pelos assuntos abordados e pela certeza de que todos temos o mesmo objetivo, que é o crescimento do esporte – declarou Alexandre Caravana, presidente da CBM. – Todos estão aguardando as notícias sobre o Brasileiro de Motocross e teremos novidades nos próximos dias. Já temos o acerto com alguns patrocinadores, mas ainda estamos em busca de mais um para viabilizar a transmissão ao vivo das corridas pela TV – garantiu o dirigente.
Durante a assembléia foram apresentados os números de 2009, com destaque para o aumento do número de pilotos nos campeonatos, apesar da crise que afetou a economia mundial no ano passado, inclusive com a saída de patrocinadores das mais diversas modalidades esportivas pelo mundo. Durante a assembléia também foram aprovadas as contas da CBM de 2009 e foi firmada uma parceria com a Associação Brasileira dos Pilotos de Motocross (ABPMX), através do ex-presidente da entidade, Marlon Olsen.
– A CBM está buscando viabilizar uma maneira de valorizar a ABPMX, pois sabemos que essa entidade representa os anseios dos pilotos. A parceria com a ABPMX, que deve mudar de nome e se transformar em uma entidade para pilotos de todas as modalidades, só trará benefícios ao esporte - declarou Caravana. - Mesmo sem patrocínio conseguimos realizar o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade no ano passado. Isso demonstra o compromisso da CBM de manter vivas todas as modalidades – declarou Caravana.

Fonte: www.femorn.esp.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário